Comer e BeberDicas

Tao Paradise: água cristalina e gastronomia de alto nível

Tao Paradise

Não lembro a primeira vez que ouvi falar ou vi uma foto do Tao Paradise. Lembro que estava morando fora do estado e passei a contar os dias pra conhecer aquela maravilha de água cristalina. Mal sabia a grata surpresa que me esperava, o tal do Tao foi uma das experiências gastronômicas mais incríveis da minha vida. Vem comigo conhecer e aprender a reservar um dia nesse paraíso!

Tao Paradise: água cristalina e gastronomia de alto nível

As informações básicas como cardápio, valores, contato e forma de chegar estão reunidas no www.taoparadise.com. Você só precisa enviar um email para taoparadise.brasil@gmail.com com a data que pretende ir, a quantidade de pessoas e os cardápios de cada um. Existem dois tipos inclusos no valor de R$140 (tarifa de alta estação): Terra, com carne, e Mar, com frutos do mar. O menu especial é o Chandon, onde o valor sobe para R$210.

Tao paradise

O day use de crianças dos 02 aos 12 anos com Menu Kids é uma novidade. Antes o Tao não recebia crianças. Acredito que pela alta procura, eles incluíram os pequenos. O valor é de R$70,00.

Atenção! Os valores são de 2018. Consulte o site para ver o valor atualizado.

Tao Paradise: como chegar?

Tao Paradise

Para chegar ao local você deve seguir em direção ao Litoral Norte, até a entrada da praia de Zumbi. A grande dica é baixar o mapa no site do local, porque o GPS não funciona muito bem. São 90 km de Natal até lá, cerca de uma 1h30 de estrada.

Tao Paradise: horário de permanência

Tao Paradise

O day use começa às 10h30 e vai até às 16h. Assim que você chega tem umas bruschettas deliciosas te esperando no seu bangalô com um suquinho da estação. A ordem do lugar é descansar, seja nos sofás, nas redes ou dentro da água. Acho que o momento para as fotos, que, claro, não podem faltar, é esse logo depois da chegada. Porque depois do almoço você vai querer ficar mais quietinho.

Clique aqui para mais dicas sobre day use em Natal ou região!

Tao Paradise: o almoço

Na hora da refeição sempre tento pedir um prato diferente do meu acompanhante. No Tao não foi diferente, pedi o menu Mar, mas também experimentei o Terra e gostei um pouco de cada. Na minha escolha a entrada era tapioca com creme de grão de bico e camarão. O segundo prato era uma massa caseira com tinta de lula e ragu de Dourado. Uma delícia, mas no menu Terra  a massa levava molho pesto, que eu AMO, então ninguém ganharia dele.

Tao Paradise

Tao Paradise

No prato principal dois peixes: atum, que eu não gosto muito, e meca, que eu adoro. E qual estava melhor? O atum! Ele veio dentro de uma folha de bananeira e foi cozido no vapor com mel e pimenta rosa. Estava ainda melhor que o meca, que é conhecido como a picanha do mar. Como acompanhamentos, arroz negro, um purê de batata doce de comer rezando, chips de batata inglesa e tomate.

Tao Paradise

Nesse momento eu já estava completamente satisfeita, de salgados, é claro. Eis que chega um lindo tiramisu pra adoçar a boca e a vida. E se você é daqueles que não passam sem um cafezinho depois do almoço, pode pedir que sai fresquinho.

Tao Paradise

Tao Paradise: conheça a história

Agora você pode estar se fazendo a mesma pergunta que eu me fiz: De quem foi a ideia de criar um day use nesse pedaço de paraíso em plena região do Mato Grande potiguar? Pois bem, o idealizador do espaço é Davide Zannoni, um italiano que já rodou meio mundo trabalhando com hotelaria e encontrou no Rio Grande do Norte um local lindo e sossegado para proporcionar momentos de paz e tranquilidade no meio da nossa rotina atribulada.

“A proposta do Tao é criar um ambiente aconchegante e relaxante, rodeado por natureza sem internet e sinal de celular, para que as pessoas voltem, durante um dia, a perceber tudo que tem ao seu redor”, contou.

Tao Paradise

Davide trabalhou quase a vida toda com turismo e hotelaria. Começou em seu país, a Itália e passou pelo Egito, Quênia, México, Seychelles, Maldivas e Antígua. Quer dizer, o cara sabe como trabalhar com atendimento ao público! Ele conheceu o espaço que hoje abriga o Tao graças a um amigo brasileiro que costumava fazer passeios pela região.

“Em um deles encontrou, por acaso, a nascente do rio e me convidou para conhecer. Na época tinha muito mato e nem se compara ao que vemos hoje, mas o pouco que consegui ver do rio era maravilhoso e me encantou na hora”, disse o italiano.

Tao Paradise

A decoração e o paisagismo do local também são obra de Davide. Ele idealizou e colocou no papel, queria que refletisse o estilo Balinês e Indiano que foram sempre suas paixões, achei muito chique. “Pude me inspirar bastante nos anos que morei na Indonésia, sem esquecer que estamos no Nordeste.” E para transformar a ideia em realidade, contou com os serviços de seu marceneiro, lá de Pititinga, praia do litoral Norte onde ele mora atualmente.

Tao Paradise: movimentação da economia local

Falando em utilização de serviços locais, o Tao também procura movimentar a economia da região. O peixe, o mel de abelha, a goma de tapioca e vários outros produtos são comprados em Catolé. Além disso, 8 dos 9 funcionários do local são da cidade e receberam treinamento de alto padrão com Davide. Lembra do cardápio maravilhoso que falei aí em cima? Foi preparado por uma menina de 16, moradora da região. Massa demais!

Tao Paradise

Por hoje é isso, galera! Espero que tenham gostado e se animado para conhecer o Tao. Até a próxima!

Ah! E se ficou com alguma dúvida, deixe um comentário aqui embaixo pra gente!

Xeru! 😘

Share:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *